jihad marqueteira…

22jul08

Gente, as coisas estão a mil por aqui..ficou complicado atualizar o blog esses dias =/
Para vocês terem uma idéia, das 21h de sexta-feira até às 09h15 de sábado, eu acompanhei a gravação do vt de Dia dos Pais para o Shopping Mueller com o pessoal da agência e da produtora. Foi um trabalho muito legal, mas eu comento sobre ele outro dia, em breve, ok?! Hoje vou contar sobre o dia de ontem e a jihad marqueteira pela qual fui surpreendida hehe

Eu e o Fer fomos ao cinema assistir “Batman – o Cavaleiro das Trevas”. Saímos correeendo da agência, porque a sessão começava às 18h30 ¬¬ mas a correria valeu a pena! O filme realmente é muito bom ;)))

Depois do puta ARG por mais de um ano ao redor da estréia do filme[veja aqui!] , eu já imaginava que o mesmo não ia deixar a desejar e não deixou!

Heath Ledger, o Coringa, como já era de se esperar, rouba a cena do início ao fim, mesmo frente à ótima atuação e voz suuuuper linda *-* de Christian Bale a la Batman, pasmem, mas é verdade! Depois dessa, espero não ver mais nenhum Coringa por aí..o cara mandou muito, muuuito bem! Entretanto, isso não significa (ao menos pra mim) que Batman tenha ficado como coadjuvante! Muito pelo contrário, o filme trabalha o tempo todo com os dois protagonistas em perfeito equilíbrio.

Não quero e nem vou entrar na discussão a respeito do filme (vale lembrar que é um filme de super-heróis), afinal gosto é uma coisa muito pessoal, mas aos que desejam saber, eu recomendo sim! É um filme bem diferente dos meus preferidos, mas não deixa de fazer parte da lista dos melhores do ano :) Então…saindo do cinema, a sensação entre a gente era de êxtase total! “Batman – o Cavaleiro das Trevas” é um filme daqueles típicos para se ver no cinema mesmo, que você sai querendo fazer malabares de fogo e trocando vááárias idéias com quem estava ao seu lado. Você participa do filme, literalmente.

Pois bem, em meio a esse tumulto de sentimentos e interpretações, fomos surpreendidos por jovens distribuindo folhetos na saída do cinema. Era um panfleto daqueles bem chinfrins, como vocês podem ver, mas ao ler o título “A Morte do Coringa” ficamos instigados a realizar a leitura. Eu logo imaginei que era uma ação de fãs indignados com a falta de uma homenagem ao Heath Ledger ao final do filme (para quem não sabe, ele deixou essa vida no início do ano [leia + aqui]) e o Fer foi ainda mais longe que eu, pensou logo que a morte do ator não passava de uma farsa! Pois é, mas não era isso, nem aquilo.

Jihad Marqueteira. Jesus salva!

Acho que o folheto pode ser resumido assim; o resto fica aos olhos de vocês…

A reação ao terminar de ler o texto, no trajeto da saída do cinema, foi a mesma entre nós dois: “ahhh eu não acredito!” e logo já surgiu a idéia de divulgar a “ação” aqui no blog. HAha segue para conhecimento, afinal, eu acredito que essa só aconteceu aqui em Joinville mesmo.

Como diz o Fer, eu vejo e não morro tudo…

Why so serious?

Anúncios


No Responses Yet to “jihad marqueteira…”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s