Archive for the ‘textos’ Category

Fiquei muito tempo em silêncio em relação a esse assunto. Mas ontem, após uma bela leitura, vi o quanto eu sou a favor da famosa “Marcha das Vadias“. Afinal, a luta é justa! Precisamos realmente acabar com a ideia de que a mulher estuprada provocou tal crime. Isso não existe! É um absurdo se dar […]


paciência

06jun08

“Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados… Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia. Por muito pouco a madame que parece uma “lady” solta palavrões e berros que lembram as antigas “trabalhadoras do cais”… E o bem comportado executivo? O “cavalheiro” se transforma numa “besta selvagem” […]


nada fazer.

14fev08

Ontem foi um dia atípico, que hoje me fez lembrar um texto, que um dia eu recebi de um amigo… “A solidão não constitui alimento, apenas jejum. Se não temos aptidão para fazer amigos, remodelemo-nos até consegui-la. A solidão só vale como remédio, como jejum – não constitui alimento; o carácter, como Goethe o viu […]


salve, salve!

11fev08

Um fio de cabelo pode ser tanta coisa… Se for branco, espanto. Se for queimado, diacho! Colorido? Um brilho. Ao chão? Um não. Na comida? Errgh..dá briga! Pela casa, o dia-a-dia. No colchão, a solidão. Um de cada? Noite amada, idolatrada!


“Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que a sua vida é a maior empresa do mundo. E você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você. Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz […]